Seja bem vindo ao

SemLactoseSemGluten Mas com Sabor !!!

Este blog foi elaborado para você que tem restrições alimentares quanto à lactose e/ou glúten,também para vegetarianos, e que querem conhecer mais sobre estes  assuntos para uma melhor qualidade de vida.

Aqui, buscamos trazer artigos que gerem valor, alimentos e produtos que tragam à você soluções e sugestões para ajudá-lo a ter mais satisfação em sua alimentação.

Vejam só !!!

Cerca de 70% da população mundial tem intolerância à lactose, e muita gente nem sabe que tem a doença.O que é a intolerância à lactose ?

É a incapacidade parcial ou completa de digerir o açúcar (lactose) existente no leite e seus derivados.

O organismo não produz quantidade suficiente de lactase ( uma enzima ) que quebra e decompõe a esta lactose. É um distúrbio digestivo não grave, mas causa bastante desconforto para quem é portador. Apesar de muitas pessoas acharem “frescura”.

Seus sintomas são: naúseas, dores abdominais, cólicas, distensão abdominal, flatulência, diarréia. Não confundir com alergia ao leite que é uma reação imunológica a proteína do leite (caseína), e existem várias doenças com sintomas semelhantes a intolerância a lactose.

Não se recomenda o início de uma dieta de exclusão de leite baseada somente nos sintomas apenas, é necessária uma avaliação mais criteriosa (exames físicos, história familiar e queixas ).

E o diagnóstico é feito através de exames laboratoriais, que têm a finalidade de avaliar o quanto a pessoa digere adequadamente a lactose ingerida.

O exame clássico para essa avaliação é o Teste de Tolerância à Lactose. Essa prova consiste na administração de uma quantidade padronizada de lactose por via oral e coleta de sangue para a dosagem de glicose nos tempos zero (antes da ingestão da lactose) e 15, 30, 45 e 60 minutos após a ingestão da lactose.

Outro exame que pode ser feito é o de acidez das fezes, ou também que é padrão de referência: a medida do hidrogênio no ar expirado.

O tratamento até o momento, é a prescrição de uma dieta com correção aos hábitos alimentares. Procure seu médico e/ou nutricionista para elaboração desta dieta.O objetivo do tratamento é a melhora dos sintomas.

Também existem produtos comerciais de lactase que podem ajudar algumas pessoas a controlar os sintomas e permitir o uso de alguma quantidade de alimentos contendo lactose. Mas,eles devem ser utilizados com orientação médica.

E o que é a Doença Celíaca ?

Também chamada de enteropatia sensível ao glúten, e é genético. É um distúrbio intestinal na qual o organismo não consegue tolerar o glúten, uma proteína encontrada nos cereais principalmente no trigo,centeio aveia, e cevada. Atinge 1% a 2% da população mundial.

Essa intolerância ao glúten induz o sistema imunológico a atacar o intestino delgado sempre que esta proteína estiver presente. Há longo prazo pode causar danos ao revestimento do intestino, impedindo a absorção de vários nutrientes necessários.

Os sintomas podem incluir: anemia, diarréia crônica, fezes gordurosas, flatulência, distenção abdominal, vômitos, perda de peso, alterações de humor, baixa contagem de glóbulos vermelhos.

Pode ser diagnosticada através do exame de sangue e biópsia do intestino delgado.

Quanto ao tratamento, uma dieta totalmente isenta de glúten por toda a vida.

Existem estudos em andamento do glúten relacionado ao diabetes tipo I e artrite rematóide.

Glúten x Vegetarianos

O glúten é essencial para fazer o alimento crescer. E é uma proteína de baixo valor biológico, ou seja, não tem todos os aminoácidos que precisamos. A princípio, sua retirada da dieta não apresenta risco para a saúde. No entanto, para pessoas vegetarianas é necessário fazer avaliação mais criteriosa pois usam o trigo como uma de suas fontes de proteína.

Vamos conversar e detalhar muitos outros assuntos de interesse para quem tem estas restrições alimentares.

Até o próximo post !!!

 

 

 

 

 

Compartilha com teus amigos...Share on FacebookShare on Google+Pin on PinterestTweet about this on TwitterShare on TumblrEmail this to someone